​Osteopatia pode melhorar o desempenho da sua corrida e minimizar o risco de lesões desportivas.

 

 

Gostar de correr pode ser um verdadeiro golpe para seu estilo de vida, caso venha a sofrer uma lesão osteomuscular.

 

Na corrida o impacto do seu pé no chão é igual a uma força equivalente a duas a três vezes o peso do seu corpo. Em muitos casos, o esforço repetitivo e as sobrecargas exercidas sobre a estruturas do corpo podem potenciar o surgimento a qualquer momento deste tipo de lesões.

 

As lesões podem ocorrerem por inúmeros fatores, uso de ténis e treinos inapropriados ou simplesmente a forma inadequada como coloca o pé no solo.

 

As lesões mais comuns nos praticantes desta modalidade, incluem tensão e contraturas musculares, luxações e entorses no tornozelos, fasciíte plantar, tendinite de Aquiles, joelho do corredor, síndrome de fricção da banda ilio-tibial, entre outras.

 

Uma boa maneira de evitar este tipo de lesões e maximizar as suas capacidades como corredor é procurar um osteopata devidamente credenciado que o ajudará a reequilibrar o seu corpo e aconselhá-lo sobre as variadas formas que mais se adequam à realização do seu exercício físico minimizando o risco de futuras lesões.

1/9