Faciíte Plantar

Dor crónica do pé não é divertida, e pode estragar a sua alegria de viver. Uma das causas mais comuns de dor nos pés - que afeta as pessoas - é a faciíte plantar.

É uma inflamação da fáscia plantar, ligamento que liga o osso do calcanhar (calcâneo) e os dedos dos pés. Este ligamento é composto de bandas de tecido fibroso, e corre ao longo de toda a parte inferior do pé. Estica e contrai com cada passo ou movimento, e pode se tornar inflamado.

 

SINTOMATOLOGIA MAIS COMUM

Dor de queimadura ou dor na parte inferior do pé, muitas vezes perto do calcanhar, onde este ligamento se liga ao osso do calcanhar. É muitas vezes comum no período da manhã, porque o ligamento teve tempo para descansar e relaxar durante a noite, mas depois aperta-se e torna-se doloroso novamente quando colocar pressão sobre ele em pé ou andando. A dor tende a diminuir com a atividade, mas pode reaparecer após períodos de pé ou em pé.

Metade das pessoas diagnosticadas com fascite plantar dizem que a sua dor é constante, 90% dizem que dói quando pressione a área ao redor do calcanhar.

POTENCIAIS CAUSAS

Uso excessivo dos pés durante a prática do exercício ou atividade física é uma das mais comuns, e os atletas que correm, saltam, ou realizam outros movimentos repetitivos que colocam pressão sobre os pés são mais propensos a esta condição. Também pode ser causada ou agravada por artrite e diabetes, especialmente nos idosos. Curiosamente, uma das causas mais comuns está no uso de sapatos inadequados, uma vez que os mesmos quando apresentam arcos com apoio insuficiente no amortecimento podem colocar pressão sobre os tendões e, ao longo do tempo, potenciando a fasciíte plantar. Calçado inadequado é ainda mais provável que seja uma causa, caso tenha pé chato, arcos altos, pronação, ou supinação.

Excesso de peso também coloca pressão adicional sobre os seus pés que podem levar a esta condição. 

TRATAMENTO CONVENCIONAL

Concentra-se na redução da dor (via medicamentos: anti-inflamatórios, como ibuprofeno ou analgésicos mais graves) e aliviar a pressão no calcanhar. Infelizmente, este regime não aborda as possíveis causas da doença.

 

ABORDAGEM OSTEOPÁTICA

Para os osteopatas, a manipulação dos pés e outras estruturas peri-articulares (além das abordagens tradicionais, tais como o uso do gelo na região dolorida, a limitação ou mesmo a restrição de movimentos que parecem exacerbar a dor) podem ajudar a restaurar um intervalo adequado de movimento e, assim, remover a causa do problema.

Além disso, os osteopatas - podem ser capazes de avaliar a marcha do paciente (como caminhar ou correr) e, assim, prescrever o uso de calçado de ajuste mais adequado (ou palmilhas ortopédicas) que vai ajudar tanto para aliviar a dor e prevenir futuras ocorrências do mesmo. Há muitos exercícios e mudanças de estilo de vida que podem ser realizados em casa, que também podem ajudar, tais como: alongamento e auto-massagem.

1/9