Neuroma de Morton

O neuroma de Morton é definido por uma inflamação e espessamento do tecido conjuntivo periférico aos nervos (sobretudo o nervo plantar) que dá a sensibilidade dos dedos. Esta condição é denominada neurite interdigital ou neuroma de Morton. A lesão envolve com maior frequência o 3º e 4º dedo. A prevalência é maior nas mulheres do que nos homens, devido ao uso de sapatos altos e de biqueira.

 

 

Para o alívio das dores a terapêutica como a injeção de corticosteroides local pode não ser o suficiente, justificando-se nalguns casos em que a dor persiste o recurso à cirurgia para remoção do neuroma. O alívio dos sintomas muitas vezes pode começar pelo uso de sapatos confortáveis.

 É descrito por uma dor intensa, por vezes constante na região do ante pé por vezes acompanhada por uma sensação de formigueiro ou dormência que se estende até à extremidades dos dedos. Muitos relatam que sentem esta dor ao descalçar os sapatos e ao esfregar os pés, ao caminhar, ao subir escadas, a conduzir, entre outras. O quadro clínico pode ser temporário ou crónico.

 

A causa mais comum é a irritação por microtraumatismos de repetição ao caminhar, ao correr por períodos prolongados e que pode agravar-se com o uso de calçado com amortecimento insuficiente ou demasiado apertados. O excesso de treino por atletas pode agravar a sintomatologia, assim como deformidades específicas dos pés.  

1/9