Muitas das dores sentidas no corpo, sejam nos pescoço, nos ombros, nas costas, nos joelhos, ou pés podem ter origem numa diferença de comprimento entre os membros inferiores.

SÍNDROME DA PERNA CURTA

Trata-se de uma dismetria dos membros inferiores, em que uma perna é mais curta que a outra. A diferença entre elas pode variar de menos de 1 centímetro até vários centímetros e quanto maior for esta diferença, maior será o desconforto  e pior será o prognóstico.

 

CERCA DE 90% DA POPULAÇÃO TEM UMA PERNA MAIS CURTA DO QUE A OUTRA

 

É comum que o indivíduo diagnosticado com uma perna curta também venha a ter outros problemas de saúde, nomeadamente, dores nas costas, nos ombros, no pescoço, nos joelhos e pés. Todos estes problemas podem estar relacionados entre si, pois como uma das pernas é mais curta, o corpo terá que se adaptar a esta realidade adotando posturas compensatórias incorretas que com o passar do tempo podem causar dores e inflamações e desgaste nas articulações. Contudo, o que queremos abordar neste espaço é que existem pessoas que tem uma perna anatómicamente mais curta que a outra (comprovado com recurso à uma radiometria -  (RX  com medição de membros inferiores), a chamada de perna curta verdadeira e existem outros que revelam ter uma perna curta falsa, e porquê a designamos por perna curta falsa?

 

 

O QUE É

A "PERNA CURTA FALSA" ?

Ao contrário da perna verdadeiramente curta que resulta de alterações anatómicas dos membros inferiores (na maioria dos casos genético), a perna curta falsa surge como uma consequência do desnivelamento da bacia, e de natureza funcional e não estrutural.

 

Essa alteração postural pode ser causada pelo aumento da tensão muscular de alguns músculos das costas e dos quadris que arrastam um dos lados da bacia para cima. Isso daria a impressão de que o membro inferior desse lado estaria maior que o do outro lado, mesmo que não estivesse.

 

Entre outros fatores desencadeantes, destacamos as alterações fisiológicas da coluna vertebral, entre elas e a mais comum a escoliose – (desvio lateral da coluna).

 

TRATAMENTO OSTEOPÁTICO

Baseia-se na normalização das disfunções somáticas com intuito de favorecer o equilíbrio, por isso é tão rápido e eficaz.  As respostas são da ordem de 90% no mínimo, e só em raros casos é que não se corrige totalmente a diferença, mas diminui a diferença inicial.

 

Perna curta falsa - O que é ?

1/9