Lesões no joelho.

A articulação do joelho permite correr, caminhar e praticar desporto. Movimentos desajeitados, quedas e colisões, torções bruscas, força excessiva ou uso excessivo pode resultar numa série de lesões na articulação do joelho e nas estruturas que a suportam.

 

LESÕES MAIS COMUNS

Lesões nos tendões, ligamentos, cartilagens, e a rótula. As opções de tratamento incluem osteopatia, fisioterapia, cirurgia artroscópica e cirurgia aberta.

 

BIOMECÂNICA DO JOELHO

O joelho é uma articulação conjunta, situada entre o osso da coxa (fémur) e os ossos da perna (tíbia e perónio). A contração dos músculos (quadricípites) na face anterior da coxa realizam movimentos de flexão, enquanto a contração dos músculos na face posterior da coxa (isquiotibiais) realizam movimentos de extensão, permitindo deste modo dobrar o joelho. O fémur descansa no prato raso da tíbia e é amortecido por uma espessa camada de cartilagem. Na parte da frente da articulação do joelho, a rótula assenta numa ranhura que se encontre na extremidade inferior do fémur. O conjunto é adicionalmente reforçado em cada lado por cartilagens que se situam entre a articulação do joelho. As estruturas ósseas são mantidas no lugar por bandas de tecido resistente conjuntivo chamado de ligamentos. O conjunto completo é colocado no interior de uma cápsula articular dura revestida por uma membrana cujo seu interior é preenchido por um lubrificante denominado por líquido sinovial. Cápsulas extras de fluidos, conhecida como bursas, oferecem um amortecimento extra. Movimentos repentinos ou força excessiva na articulação do joelho pode conduzir a um estiramento dos ligamentos para além das suas capacidades. A rutura de ligamentos pode provocar hemorragias no joelho e, normalmente, causa dor, inchaço e fraqueza articular. O ligamento cruzado anterior (LCA), situado no centro da articulação é o ligamento do joelho que mais frequentemente é afetado. Os músculos estão unidos às articulações através dos tendões. Tendões sobrecarregados podem rasgar e sangrar, mas estas lesões tendem a curarem-se por si só, sem a necessidade de cirurgia. A articulação do joelho é reforçada em ambos os lados por faixas adicionais de cartilagem, chamados de 'meniscos' ou cartilagens semilunares. Uma das lesões de joelho mais comum é a rutura do menisco. Um impacto de grande intensidade ou torção, especialmente durante o exercício de levantamento de peso, pode rasgar essa cartilagem. As lesões do menisco também podem ocorrer em pessoas mais idosas, devido ao seu desgaste natural. Os sintomas incluem dor, inchaço e incapacidade para endireitar a perna. A cartilagem danificada pode ser cirurgicamente removida sem causar qualquer instabilidade articular.Rótula - Síndrome de dor na rótula é caracterizada por uma dor sentida por trás da rótula. Agachar, subir e descer passeios ou escadas, ou ficar sentado por longos períodos de tempo pode agravar a dor. A causa mais comum é o movimento anormal da rótula por variadíssimos motivos o que poderá levar ao desgaste da cartilagem sobretudo na parte posterior do joelho, a desequilíbrios na força muscular, a tensões musculares e anormalidades estruturais do membro inferior. A dor geralmente aparece gradualmente ao longo do tempo.

 

O QUE FAZER PERANTE UMA LESÃO

Parar com a atividade imediatamente. “Não trabalhar com a dor”;

Repouso - descansar a articulação em primeiro lugar;

Reduzir a dor, inchaço e hemorragia interna com gelo, aplicado por 15 minutos a cada duas horas;

Elevar a perna lesionada;

Não aplicar calor na articulação lesada;

Evitar bebidas alcoólicas, pois isso incentiva a hemorragia e o inchaço (edema);

Não massagear o conjunto;

Procurar ajuda de um profissional de saúde;

Leves lesões no joelho podem curar-se por si, mas todas as lesões devem ser observadas e diagnosticadas por um médico ou por outro profissional de saúde competente para o efeito tais como osteopatas devidamente credenciados.

 

COMO POSSO PREVENIR AS LESÕES ?

Aqueçer as articulações e músculos antes de praticar desporto;

Usar calçado apropriado;

Evitar movimentos bruscos dissonantes;

Após determinados exercícios, realize alongamentos leves, fáceis e sustentados.

1/9