O que é osteopatia

É uma profissão de cuidados primários, com foco no diagnóstico, tratamento, prevenção e reabilitação das lesões músculo-esqueléticas, e dos efeitos sobre a saúde dos pacientes em geral. Usa procedimentos de diagnóstico aplicados na avaliação médica convencional, os osteopatas procuram restaurar o funcionamento ideal do corpo.

A abordagem Osteopática é centrada no paciente, considere os sintomas no contexto da história clínica do paciente, bem como o seu estilo de vida e circunstâncias pessoais. Esta abordagem global garante que todo o tratamento é adaptado à condição de cada paciente.

 

Trata-se de uma terapêutica que procura corrigir as disfunções somáticas com recurso a técnicas, como a manipulação do esqueleto, músculos, ligamentos e tecidos para redução do desconforto e melhoraria da mobilidade articular e restaurar o bem-estar e a sua saúde, proporcionando uma melhor qualidade de vida.

O tratamento osteopático é extremamente suave e, quando aplicado por um osteopata qualificado, é seguro para todos, desde os recém-nascidos aos idosos. Trata de disfunções e não de patologias.

O Osteopata pode recomendar terapias associadas, como massagem, acupuntura, estimulação elétrica (que alternadamente estimula e relaxa os músculos para ajudá-los a soltarem-se), e mudanças de estilo de vida (como a prática do exercício físico apropriado, perca de peso e corrigir hábitos posturais inadequados).

 


A validade da Osteopatia é tão concreta que é recomendada e incentivada pela OMS (Organização Mundial de Saúde) como prática de saúde.

1/9