Em média passamos aproximadamente cerca de 6 a 8 horas a dormir com a cabeça sobre a almofada. Contudo o uso de uma almofada inapropriada ao nível das suas características mecânicas, a textura, a rigidez e a sua dimensão altera o alinhamento da curvatura da coluna vertebral. Caso o pescoço se encontrar numa posição incorreta durante o ato de dormir, esta condição postural poderá contribuir para surgimento de manifestações indesejáveis, tais como dores musculares e articulares no dia seguinte e prejudicando o retemperar de energias por parte do sono.

O alinhamento correto da coluna cervical em relação ao resto da coluna permite uma distribuição mais uniforme do tónus muscular, evitando as sobrecargas de forças exercidas nesta região (cabeça, pescoço e tronco) e contribui para uma melhor qualidade do sono, que tem como função de reparador de energias.

Se o pescoço não é suportado corretamente quando se dorme, poderá desenvolver uma série de sintomas indesejáveis, tais como: dores no pescoço, dores de cabeça, enxaquecas, dores nos ombros, dormência e formigueiro nas mãos (por compressão das raízes nervosas e dos vasos sanguíneos), dores nas costas, dores lombares e rigidez matinal no pescoço.​

Não devemos avaliar a almofada apenas pelo aspeto e pelo conforto que proporciona. Uma escolha menos acertada pode resultar numa noite mal dormida e provocar algo de demolidor no dia seguinte, tais como as dores musculares e articulares, sobretudo as dores de costas. A almofada é particularmente importante para as pessoas que dormem em decúbito lateral (deitadas de lado).

 

O QUE ACONTEÇE AO USAR UMA ALMOFADA INAPROPRIADA ?

O uso de uma almofada alta, obriga a um estiramento dos músculos do pescoço em resultado da cabeça se encontrar mais afastada da base do colchão e o consequente desalinhamento do resto da coluna. No caso do uso de uma almofada demasiada baixa, verificar-se-á uma pressão sobre a coluna sobre os músculos. Dormir de decúbito lateral, também por vezes apresenta manifestações indesejáveis, uma vez que a pressão exercida sobre o ombro mais próximo do colchão é maior.

 

O QUE DEVEMOS TER EM CONTA NA ESCOLHA DE UMA ALMOFADA ?

Características mecânica como o grau de textura e rigidez; Dimensão adequada (a altura do ombro); Contornos (Uma almofada com contornos preenche os arcos do pescoço e, portanto, mantém as curvas corretas da coluna vertebral.

 

CUIDADOS NO USO DA ALMOFADA

Não ter mais do que 2 anos. As almofadas devem ser substituídas a cada dois anos porque a pressão exercida enquanto dormimos altera a sua forma e características, tornando-as menos confortáveis. Não sentir pressão sobre os ombros e pescoço, quando se deite de decúbito lateral. Deve ter uma densidade suficiente para que a cabeça não se afunde.

 

COMO ESCOLHER UMA ALMOFADA?

A escolha da almofada para além das características acima mencionadas, deve ser a mais adequada à altura e à posição que habitualmente adotamos para dormir. É fundamental que respeitamos o alinhamento entre a cabeça, o pescoço e o tronco durante o sono, para que o descanso seja perfeito. A escolha de uma almofada dependerá em grande parte da posição em que dormimos.

DE LADO OU DE COSTAS

Almofada alta que permite manter o alinhamento entre a cabeça, o pescoço e o tronco durante o sono.

DE BARRIGA PARA BAIXO

Almofada baixa e flexível.

DE BARRIGA PARA CIMA

Almofada baixa não muito rija, que se ajuste à diferença entre o pescoço e a coluna cervical sem deixar tombar a cabeça para trás.

 

ALGUNS TIPOS

ALMOFADA HIPOALERGÉNICAS

Para os que adormecem a espirrar, as almofadas hipoalergénicas mantêm os ácaros à distância, além de prevenir a formação de micróbios e a multiplicação de bactérias e fungos.​

ALMOFADA DE PENAS

É a mais cara, apresenta maior durabilidade do que a maioria das sintéticas. É macia e leve, mas que facilmente se deformam com o seu uso, resultando por vezes na deterioração da postura da coluna com o agravar do peso da cabeça. Dada a sua altura e reduzida firmeza, estas almofadas são ideais para os que dormem de barriga para cima ou mudam de posição frequentemente. Contra-indicado para pessoas que sofrem com algum tipo de alergia respiratória.​

ALMOFADA ANTI RESSONAR

Especialmente desenhadas para dormir de lado, estas almofadas tem uma forma que permitem posicionar a boca numa posição adequada para recebe em condições o ar que se inspire.​

ALMOFADA DE ESPUMA

O calor corporal faz com que esta espuma se adapte à cabeça e ao pescoço, tornando esta almofada num artigo por excelência que evite acordar sem torcicolos. Pode tornar-se mais fina com o decorrer do tempo. Incoveniente, pode causar alergias e não deve ser lavada.​

ALMOFADA DE PLUMA DE GANSO

Extremamente macias e não permitem que se deformam. Contra-indicado para pessoas que sofrem com algum tipo de alergia respiratória.​

ALMOFADA DE ALGODÃO

É o tipo de almofada ideal para ser usada no verão ou por quem mora em regiões de clima mais quente. Indicado para pessoas que sofrem de alergias.​

ALMOFADA DE LÁTEX

Ideal para manter o corpo na posição correta na hora de dormir, apesar de demoram mais tempo para se moldar com o peso da cabeça., mas ajudam a manter o corpo na posição correta na hora de dormir. Pode ser lavada. Indicado para pessoas que sofrem de alergias.

 

A escolha de uma almofada apropriada é fundamental não apenas para prevenir o surgimento de lesões músculo-esqueléticas bem como contribuir para a função perfeita de um sono reparador das energias para o dia seguinte, garantindo uma qualidade de vida saudável, sem fadiga e sem dores.

 

​A sua almofada é a mais apropriada ?

1/9