Lesões nos ombros e na coluna passam de 9 para 15% no regresso às aulas.

Segundo estudos, excesso de peso e uso inadequado de mochilas escolares estão relacionados a 19 tipos de lesões no ombro.

 

O excesso de peso e uso inadequado das mochilas escolares quase duplica a ocorrência de problemas em crianças e adolescentes. No Hospital do Coração (HCor), em São Paulo, a percentagem é de 9%, e em época de regresso às aulas esse número aumenta para 15%.

 

Investigadores do Cincinnati Children' s Hospital, nos Estados Unidos, analisaram as crianças admitidas nas urgências do hospital e constataram que 23% delas manifestavam queixas causadas pelo uso inadequado da mochila. Esse número não se restringe apenas a lesões na coluna e sim a 19 tipos de lesões no ombro.

 

O mau uso da mochila pode ocasionar dor muscular, ferimentos abrasivos e problemas na coluna ." As crianças podem sofrer danos na coluna vertebral ao carregar uma mochila muito pesada. O peso pode afetar as articulações, interferindo no desenvolvimento dos pequenos. O limite máximo de peso recomendado a transportar na mochila é de 10% a 15% do peso corporal da criança, segundo Brackley e Stevenson, Cottalorda et al (2004).

 

MOCHILAS COM RODAS

Muitos pais optam, então, para o uso de mochila com rodinhas. Porém se puxadas de maneira inadequada, os riscos são os mesmos. " A alça do carrinho tem que ter a altura adequada para a criança, e o peso também não pode ultrapassar a percentagem desejada, senão o esforço exigido causa problemas tão sérios quanto ao carregar nas costas. Os pais devem ficar atentos para qualquer reclamação do filho. Ao primeiro sinal de dor devem levá-lo ao médico especialista para uma avaliação mais detalhada.

 

É igualmente importante de salientar que só o material realmente essencial para as tarefas do dia devem constar no interior da mochila.

 

REABILITAÇÃO

Em média o HCor atende nessa época do ano cerca de 10 crianças por mês com queixas de dores nos ombros, geralmente ocasionadas pelo mau uso das mochilas escolares. São problemas que se não tratados quando detetados, podem levar a prejuízos para a vida toda.

 

É comum encontrar jovens com problemas de postura e dores crónicas nas articulações. Quando o problema se instala deve-se iniciar um tratamento de reabilitação para o paciente, entre o quais o tratamento osteopático para correção das lesões e reequilíbrio do organismo.

 

MEDIDAS PREVENTIVAS

  • Uso de mochilas com duas alças largas para uma melhor distribuição do peso;

  • As alças devem ser preferencialmente acolchoadas e ajustadas de forma que a mochila fique junto às costas (coluna dorsal);

  • Na mochila deve existir um cinto ao nível da cintura de forma a repartir o peso entre os ombros e a zona lombar, assim como evitar que a mochila oscile;

  • A largura da mochila não pode ser maior que a largura do dorso da criança;

  • Não deve ter ultrapassar a cintura da criança;

  • Os objetos mais pesados devem ser colocados mais perto das costas, para que o peso esteja melhor distribuído;

  • Dê preferência para mochilas com poucos bolsos. A diversidade de compartimentos pode ser um atrativo para carregar objetos inúteis.

 

Fonte: Publicado em 01/02/2013 no Isaude.net

1/9