​Cerca de 85-95% dos indivíduos com idade cerca dos 50 anos apresentam algum grau de degeneração discal.

O processo degenerativo ocorre devido a uma desidratação progressiva que promove redução da altura discal, levando a um desequilíbrio de forças com sobrecarga dos planaltos vertebrais e articulações interapofisárias.

 

As alterações morfológicas discais podem ser classificadas em abaulamento difuso – mais conhecida por protusão discal e hérnia extrusa ou mais conhecida por hérnia discal que ocorre quando parte do material que se encontra dentro do núcleo do disco exterioriza-se.

1/9